Estudante de Icaraí de Minas foi selecionada para coletânea literária nacional

0

A aluna Anna Júlia Almeida Guimarães, 10 anos, da EM Odília Oliveira de Almeida, da cidade de Icaraí de Minas, teve o seu texto selecionado e foi publicado em uma coletânea de crônicas e histórias produzidas por estudantes, de todo o país, participantes do projeto “Ler é Bom, Experimente!”. O livro intitulado As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 10, é a décima coletânea do projeto reunindo, por concurso, os alunos que escreveram os melhores textos.

Escolas de todo o país participam há dezoito anos do projeto “Ler é Bom, Experimente!” que é desenvolvido pelo Grupo Projetos de Leitura, com aprovação do Ministério da Cultura e patrocínio do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE com o objetivo de incentivar a leitura e criatividade de estudantes de escolas públicas.

Todos os alunos participantes do projeto receberam exemplares dos livros “Acontece…” e “Nick e Bia na floresta encantada”, de Laé de Souza, para leitura, discussão dos temas propostos nas obras, adaptação para teatro, exercícios e outras atividades, culminando com a criação de um texto para participar do concurso literário. Os melhores trabalhos foram premiados com livros e participam da coletânea junto com estudantes de várias regiões do Brasil. As atividades do projeto na escola de Icaraí de Minas foram coordenadas pela professora Rosiane Sobreira Almeida Magalhães, que recebeu uma cartilha pedagógica para auxiliar a executar as atividades dentro da sala de aula.

Para o coordenador do trabalho, o escritor Laé de Souza, a ideia é atrair todos os estudantes para uma participação ativa em um movimento literário na sua própria escola. “A disseminação da leitura na sala de aula, se bem orientada, poderá criar novos cidadãos apaixonados pela leitura e com vontade própria de ler.  O professor é nosso parceiro e assume conosco a empreitada de fazer o aluno descobrir o prazer da leitura”, diz o escritor.

Participaram das atividades em 2018, 350 escolas, beneficiando mais de 35 mil estudantes. Os textos produzidos pelos alunos foram selecionados na primeira fase pelos professores e, posteriormente, pelo Grupo Projetos de Leitura que escolheu 108 textos para compor o livro “As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 10”. O livro contém uma crônica do escritor Laé de Souza e textos e histórias infantis de jovens escritores, de 8 a 17 anos, de Anguera-BA,  Boa Nova-BA, Condeúba-BA, Cordeiros-BA,  Itacaré-BA, Jequié-BA, Manoel Vitorino-BA, Mortugaba-BA, Icaraí de Minas-BA, Riacho de Santana-BA, Alto Alegre do Pindaré-MA, Conceição do Mato Dentro-MG, Icaraí de Minas-MG, São Francisco de Sales-MG, Campo Novo do Parecis-MT, Lagoa Seca-PB, Saudade do Iguaçu-PR, Terra Rica/Adhemar de Barros-PR, Itaperuna-RJ, Frederico Wesphalen-RS, Selbach-RS, Três Passos-RS, Barão de Antonina-SP, Bauru-SP, Cananéia-SP, Cubatão-SP, Iperó-SP, Itanhaém-SP, Salesópolis-SP, Santa Gertrudes-SP, Santo André-SP, São Caetano do Sul-SP, São Paulo-SP e São Pedro-SP.

Sobre o Grupo Projetos de Leitura

Criado em 1998, pelo escritor Laé de Souza, os trabalhos têm como objetivo vencer um dos maiores desafios encontrados pelos professores e amantes da literatura: criar o hábito da leitura.  Os projetos, apoiados pelas leis de incentivo à cultura, são aplicados em escolas da rede pública, parques, praças públicas, hospitais, transportes coletivos e outros.

Sobre o autor

Laé de Souza é cronista, dramaturgo, produtor cultural, bacharel em Direito e Administração de Empresas, autor de vários projetos de incentivo à leitura e de livros infantis, juvenis e adultos, entre eles: “Acontece”, “Acredite se Quiser!”, “Quinho e o seu Cãozinho – Um cãozinho especial”, “Bia e a sua gatinha Pammy”, “Nick e Bia na floresta encantada”, “Nos Bastidores do Cotidiano”, “Espiando o Mundo pela Fechadura”, “Coisas de Homem & Coisas de Mulher”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here